Tinha tudo só faltava amor Papo fluía, a gente ria O beijo batia, ela queria. Eu também Íamos além. Não tinha pra ninguém. A gente se dava tão bem. Gostávamos das mesmas músicas, das mesmas séries e do mesmo lanche do Mc Donald’s. Fazíamos dieta e saíamos dela ao mesmo tempo. Às vezes escondidos. Às vezes juntos. Juntos nos éramos…

“Tudo aquilo que você fizer em sua vida será insignificante. Porém, é importante que você faça, pois nenhuma outra pessoa fará por você.” Sim, eu tinha uma escolha a fazer. Sabe, eu costumo acreditar que os pequenos instantes que a gente vive ao lado daqueles que amamos são os mais bonitos e impactantes. Momentos estes que vez em quando, nos…

Puta que pariu, que beijo foi esse. Estou sem ar até agora. Preciso me recompor. Foda, talvez o melhor beijo que dei na vida me cheira a problema. É um “Deus me livre mas quem me dera ter te novo”! Ela é malandra. Boa de lábia, me leva na conversa sempre. Me beija e some. Às vezes, aparece, a gente…

Eu nunca fui de falar sobre a gente. Porque ”a gente” nunca existiu. Nós fomos aquele amor-jamais-consumido. Tudo o que nós fomos se resume num “quase”. Um quase casal. Um quase que rendeu tanta história e sentimento. Bom, pelo menos pra mim. Eu não acredito que você fale da gente pra alguém. Mas sei que você nunca me esqueceu. Creio…

  Daqueles sinceros que  enchem os olhos de alegria semeando o amor por onde passa. Por mais sorrisos espontâneos e acolhedores. Daqueles que te abraçam sem precisar te envolver nos braços. Sorrisos com naturalidade e simplicidade. Daqueles com os caninos á mostra que sabem muito bem quando apresentar a sua meta singularidade. Gosto de sorrisos bobos. Daqueles que te roubam…

Quem diria, logo eu que tenho raiva desse tal WhatsApp, que falo pelos quatro cantos o odio que tenho quando as notificações chegavam e a todo momento me botavam em grupos que sabe Deus de onde vem. Mais ai você chegou, e eu preciso assumir a maior das verdades: eu que sempre fui pedra de gelo, que jurava que essa…

Talvez seja isso. Eu só esteja de passagem. Uma hora alguém vai embora sem aviso prévio, ou até avisa, mas quando o barco já está afundando. Uma hora sou eu quem vai embora. Ser a pessoa que vai dói. Tomar a decisão de deixar aquilo que amamos pesa dentro da gente como uma ancora. Ser a pessoa que é deixada…

Eu odeio porque quando você me abraça não costuma me envolver nos teus braços, apenas me segura por uns segundos e me solta logo em seguida apressado para ir embora como quem precisa salvar o mundo ou coisa assim. Eu odeio o fato de amar você porque quando você me visita nos sábados à noite, não costuma invadir o meu…

Aí essa maldita mania que tenho de criar expectativas sobre as pessoas. É óbvio que elas vão me magoar. Também, coloco todo mundo num pedestal, e crio uma áurea de perfeição sobre cada nova pessoa que entra na minha vida, que, inevitavelmente, elas vão vacilar. E a culpa não é delas. Ninguém é bom o tempo todo. Nem eu. É…

Close