Você sabe e compreende que encontrou a pessoa certa, quando no primeiro encontro não veste a mascara da conquista, age normalmente. Sem vergonha, só sendo o que sempre foi. Quando o beijo é mais que lábios e sim uma ligação de gostar, desejar e respeitar. Quando o sustentar do olhar lhe aquece a alma e o mundo parece nem existir, e tudo enfim faz sentido.

O problema é o saltar, arriscar e deixar rolar. É o medo de se entregar quando em um único olhar já pode se apaixonar. Como fixar os pés no chão? Tomar as rédeas do coração? Como deixar pra lá um beijo tão doce, que te faz querer parar de pensar?

Teu beijo tem o dom de me enlouquecer e querer somente te amar. Tuas promessas me assustam e encantam, por não saber ao certo que te faz me desejar. Você me deixa em controvérsia. E hoje após te ter por algumas horas em meus braços, enlouqueço por ter que te deixar ir. Um dia. Algumas horas. E tu se tornaste minha droga, me viciou tão fortemente que te escrevo em meus sonhos.

Só prometa voltar e ficar, não sei lidar com vícios, e muito menos com saudade. Teu cheiro ainda embargado em meus cabelos será como teus braços a me minar. Seja tudo e mais um pouco do que foi hoje. Seja meu amanhã e jamais se esqueça de ser meu amor.

Leave a comment

Sobre o Autor

Capricorniana. Administradora. Amante de livros empoeirados nas estantes, escreve para fugir desse mundo cheio de imperfeições e viajar em seus pensamentos.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz
Close